Anvisa aprova novo medicamento para tratar câncer de bexiga

Pembrolizumabe

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um novo medicamento para tratamento de câncer de bexiga para pacientes em estágio avançado da doença e que não têm tido resultados com quimioterapia à base de platina.

A autorização foi emitida para a venda do Keytruda, nome comercial do pembrolizumabe, fabricado pelo laboratório norte-americano MDS.

O medicamento já havia sido aprovado pela Anvisa para tratamento de câncer de pele e de pulmão.

A extensão para os casos de câncer de bexiga foi feita após os resultados do estudo fase III, chamado Keynote-045, com 542 pacientes submetidos ao tratamento com pembrolizumabe ou quimioterapia.

De acordo com o laboratório, no ensaio, que durou 22,5 meses, o tratamento com pembrolizumabe foi 30% mais eficaz do que a quimioterapia, e os efeitos colaterais foram menores.

O câncer de bexiga atinge principalmente homens com idade próxima dos 65 anos e com o hábito de fumar. Em sua fase inicial a doença não apresenta sintomas, mas o sinal mais evidente costuma ser a presença de sangue na urina.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Câncer

Saúde Pública

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.