Chocolate funcional com probióticos faz bem à saúde

Chocolate funcional com probióticos faz bem à saúde
O chocolate funcional é uma alternativa aos produtos lácteos probióticos, como iogurte e leite fermentado.
[Imagem: Pixabay/CC]

Chocolate com probióticos

As pesquisadoras Marluci Palazzolli da Silva e Carmem Sílvia Trindade, da USP (Universidade de São Paulo), desenvolveram um chocolate funcional contendo microrganismos vivos que trazem benefícios à saúde humana.

Somando-se às propriedades antioxidantes presentes no cacau, os probióticos melhoram as funções gastrointestinais, reduzem o risco de constipação e a possibilidade de desenvolvimento de várias doenças, como o câncer de cólon.

O chocolate meio amargo probiótico representará uma alternativa para o mercado de alimentos, podendo substituir os produtos lácteos encontrados nos supermercados, uma boa opção sobretudo para pessoas com intolerância à lactose, alérgicos ou com restrição de proteína animal.

Microcápsulas

Os lactobacilos são mais comumente encontrados em iogurte, sucos, sorvetes e cremes porque os produtos lácteos são boas matrizes para veiculação dos microrganismos.

O grande desafio da pesquisa foi justamente encontrar uma forma de incorporar os organismos bioativos no chocolate de forma a mantê-los vivos. Para isso, Marluci microencapsulou os probióticos com gordura vegetal para proteger os microrganismos do contato com o oxigênio, como a umidade e demais ingredientes do chocolate.

Depois de pronto, o chocolate foi avaliado por cem provadores para comprovar a aceitação do produto, que teve nota acima de 7 em uma escala de 9 pontos. Perguntados se comprariam o chocolate funcional quando estivesse no mercado, cerca de 75% dos voluntários responderam sim.

Probióticos

Os probióticos aplicados ao chocolate foram o Lactobacillus acidophilus e Bifidobacterium animalis, semelhantes aos presentes naturalmente no organismo humano mas que, ao longo da vida, vão se perdendo pelo consumo de alguns alimentos industrializados que afetam a flora intestinal, como o açúcar, abusos de medicamentos e o estresse.

Os microrganismos têm um papel fundamental no fortalecimento do sistema imunológico e estão associados ao combate de doenças gastrointestinais, redução da biossíntese do colesterol, inibição de células cancerígenas e possuem atividade antimicrobiana contra a Helicobacter pylori e diversos fungos. A ingestão regular e em quantidade adequada de probióticos restaura a flora intestinal e repovoa o organismo de bactérias boas.

A tecnologia agora deverá ser repassada a uma empresa interessada na fabricação do chocolate probiótico em escala industrial.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Dietas e Emagrecimento

Medicamentos Naturais

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.