Qual é o melhor leite vegetal?

Qual é o melhor leite de origem vegetal?
Se você optar por continuar com o leite de vaca, pode preferir o leite orgânico, que têm 50% mais nutrientes benéficos.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Qual é o melhor leite vegetal?

Há um número cada vez maior de pessoas interessadas em mudar os hábitos alimentares que envolvam derivados de animais.

Na lista de compras dessas pessoas, os leites de origem vegetal estão sempre presentes.

Mas qual será o melhor leite proveniente de fontes de plantas em todo o mundo - leite de amêndoa, leite de soja, leite de arroz ou leite de coco?

Para responder a essa pergunta, Sai Kranthi Vanga e Vijaya Raghavan, da Universidade McGill (Canadá) compararam os valores nutricionais de cada um deles em relação ao leite de vaca.

Depois do próprio leite de vaca, que ainda é o mais nutritivo, o leite de soja foi o vencedor claro.

Mas há alguns fatores que devem ser considerados, e cada pessoa deve ponderar todos eles para fazer sua própria escolha.

Os pesquisadores compararam as versões não adoçadas dos vários leites à base de plantas em todos os casos e os dados abaixo são baseados em uma dose de 240 ml.

Leite de soja - o perfil nutricional mais equilibrado

O leite de soja é amplamente consumido pelos seus benefícios para a saúde, benefícios esses associados às propriedades anticarcinogênicas dos fitonutrientes presentes na soja, conhecidos como isoflavonas.

Como um substituto do leite de vaca por mais de quatro décadas, parece haver poucas preocupações quanto a efeitos secundários.

As preocupações, no entanto, envolvem a presença de antinutrientes, substâncias que reduzem a ingestão e a digestão de nutrientes, e o sabor "granuloso".

Leite de arroz - sabor doce e pouco nutritivo

Sem lactose, ele pode funcionar como uma alternativa para pacientes com problemas de alergia à soja e à amêndoa.

As preocupações, além da alta contagem de carboidratos, é que o consumo exclusivo de leite de arroz sem cuidados adequados pode resultar em desnutrição, especialmente em lactentes.

Leite de coco - sem proteína e poucas calorias

O leite de coco é amplamente consumido na Ásia e na América do Sul.

Seu consumo pode ajudar a reduzir os níveis de lipoproteínas nocivas de baixa densidade (LDL, ou colesterol ruim) associadas a doenças cardiovasculares.

Seus valores nutricionais se reduzem se armazenado por mais de 2 meses.

Leite de amêndoa - necessidade de fontes complementares de nutrientes essenciais

As amêndoas têm um alto teor de ácidos graxos monoinsaturados, que são considerados úteis na perda e no controle de peso. Esses ácidos graxos também ajudam na redução do colesterol LDL.

Leite de vaca

Um alimento saudável e completo, fornecendo todos os principais nutrientes, como gordura, carboidratos e proteínas.

Ele fornece uma ampla gama de proteínas de defesa porque vários efeitos antimicrobianos benéficos são encontrados nos leites humano e bovino. Por exemplo, no caso de lactentes, o consumo de leite de vaca reduz consideravelmente o risco de febre e infecções respiratórias.

Mas a presença de vários agentes patogênicos, como Salmonella spp e Escherichia coli O157:H7 no leite tem sido associada a surtos de doenças ao redor do mundo.

Alergia ao leite de vaca e intolerância à lactose

Uma das alergias mais comuns entre lactentes e crianças, afetando de 2,2 a 3.5% das crianças, uma porcentagem maior do que aqueles afetados por alergias a amendoim e nozes. Cerca de 35% desses bebês superam a alergia ao leite na faixa dos 5-6 anos de idade, aumentando para 80% aos 16 anos.

A intolerância à lactose, pela ausência ou deficiência da enzima lactase no trato digestivo, afeta em alguma medida entre 15 e 75% de todos os adultos, dependendo da raça, dos hábitos alimentares e da saúde intestinal - as pessoas de origem africana, asiática e indígena apresentam as maiores taxas de intolerância à lactose.

Os pesquisadores concluíram seu relatório ressaltando que novas pesquisas precisarão ser feitas para entender os efeitos de vários novos métodos de processamento das matérias-primas, que podem resultar em alterações no perfil nutricional, sabor e textura dos leites alternativos, de origem vegetal.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Vitaminas

Consumo Responsável

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.