Quando ter a bateria fraca é bom para sua saúde

Quando ter a bateria fraca é bom para sua saúde
Nos glóbulos brancos que circulam na corrente sanguínea (esquerda) as mitocôndrias têm um sinal mais intenso do que as mitocôndrias dos glóbulos brancos do intestino (direita).
[Imagem: Spela Konjar]

Mitocôndrias em modo de espera

A camada externa de nossos corpos - a pele - e o intestino contém uma população especial de glóbulos brancos, chamados linfócitos intra-epiteliais. Sabe-se muito pouco sobre como se dá a atividade dessas células, sendo que elas não ficam nem totalmente ativadas e nem em repouso absoluto.

Agora, a equipe do professor Marc Veldhoen, do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (Portugal), descobriu como essas células imunes são controladas.

Usando ensaios bioquímicos e de imagem, a equipe descobriu que as "baterias" dessas células - ou "usinas celulares", como as mitocôndrias geralmente são chamadas - têm uma composição diferente, o que reduz a sua capacidade de produzir energia, mantendo-as em um modo de ativação controlada.

"Foi surpreendente ver que a detecção das mitocôndrias é muito diferente do que se observa noutros glóbulos brancos, estando esta observação na base de uma nova hipótese de que as próprias mitocôndrias são diferentes nestas células," explicou Veldhoen.

"Quando analisamos detalhadamente essas estruturas, encontramos alterações nos lipídeos que formam uma camada que separa as mitocôndrias do resto da célula. Essas mudanças fazem com que essas 'baterias' funcionem de forma diferente, como se estivessem num 'modo de baixa energia'," disse Spela Konjar, pesquisadora responsável pelos experimentos.

Essa descoberta pode dar origem a novas ferramentas de diagnósticos e tratamentos para condições que afetam a via digestiva, como inflamações intestinais ou infecções, disse Veldhoen.

"Este conhecimento nos permite investigar de que forma podemos inibir essas células quando estão muito ativas e causam danos, como nas inflamações intestinais, ou como podemos ativá-las mais em casos de infecções intestinais. Além disso, a detecção de mitocôndrias pode ser um marcador de diagnóstico para o estado de ativação dos glóbulos brancos intestinais," concluiu o professor Veldhoen.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sistema Imunológico

Infecções

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.