Sucesso fará Mais Médicos ser prorrogado por três anos

Sucesso

O Programa Mais Médicos, lançado em 2010 para democratizar a Medicina no Brasil, tinha término previsto para 2019.

Contudo, ele deverá ser prorrogado mais três anos porque a formação de novos médicos não é capaz de atender à demanda nacional - o Conselho Federal de Medicina era radicalmente contrário ao Programa Mais Médicos, juntamente com uma série de outras entidades sindicais dos médicos.

"Eu não acredito que tenhamos, até 2019, médicos brasileiros, formados no Brasil, dispostos a estar onde estão os médicos do Mais Médicos. Lugares afastados, lugares de alto risco, com pouca segurança", disse o Ministro da Saúde, Ricardo Barros.

O programa, criado justamente para suprir a falta de profissionais de saúde em regiões pobres e mais afastadas dos grandes centros, conta hoje com 18.240 médicos em 4.058 municípios, atendendo 63 milhões de pessoas.

Carreira de médico

O ministro prevê que o programa será renovado no mesmo sistema usado atualmente, com pagamento de bolsas aos participantes e incentivo à abertura de cursos de medicina e residência medica em saúde da família. "Não me parece que poderemos abrir mão dos conveniados em 2019", ressaltou o ministro.

O ministro não descartou a possibilidade da criação de uma carreira de Estado para médicos formados no Brasil no Sistema Único de Saúde (SUS), mas ponderou que existem grandes obstáculos. "A equação é muito complexa, porque esbarra em princípios constitucionais da isonomia. O limite constitucional do teto do servidor público diz que, nos municípios, o maior salário é do prefeito. Isso não se viabiliza para a contratação de médicos nesses locais", afirmou.

Outro ponto levantado pelo ministro é a irredutibilidade de remuneração. "Pela lógica, [o médico] teria que ganhar muito mais no início da carreira num posto muito afastado e menos quando vier para cidade grande. Mas a Constituição não permite a redução do salário", exemplificou. "Esses princípios constitucionais dificultam a implantação da carreira médica no Brasil", disse.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Atendimento Médico-Hospitalar

Planos de Saúde

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.